Alimentação

Sim bolos, sim bolinhos

Sabe a história daquela pessoa que foi fazer uma coisa pra uma amiga e deu tão certo que virou negócio? É o caso da Cristiane Zago que é produtora cultural do Itaú. Saem das mãos dela, e equipe, as exposições que a gente vê no Instituto. E saem das mãos dela também, e dai sem equipe, os melhores bolos que eu já comi. Por isso merece um post aqui nessa coluna.

Um doce no ponto correto. Nem tão doce , nem tão sem sabor. Doce na medida. Daqueles que você come o primeiro pedaço, e, tranquilamente, come o segundo. A especialidade é o red velvet, e ela usa mesmo beterraba na massa. Não é corante. Floresta negra, cenoura e rainbow são outras delicias. Os recheios variam, mas ela costuma usar uma dupla de chocolate branco e creamcheese que fazem um mix and match daqueles.

Pra quem quer um bolo de festa com sabor mais sofisticado, tá aqui a dica. Sofisticado não porque é chique, mas pela qualidade dos ingredientes e pela pureza do sabor.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply