educação

10 livros clássicos da literatura infantil brasileira

Daquelas lista de ‘tem que ter’ São 10 livros clássicos da literatura infantil brasileira pra você ler a seu filho. Confira uma lista recheada de boas opções de leitura

 

1-      Ou isto ou aquilo (Cecília Meireles)

Composto por 56 poemas estimulam a imaginação e a sensibilidade dos pequenos leitores, esse livro tem encantado gerações há mais de quatro décadas! Com versos delicados que falam de sonhos e fantasias comuns do universo infantil, “Ou Isto Ou Aquilo” ainda traz diversos jogos de palavras que aguçam o aprendizado das crianças.

 

2-      Marcelo, Marmelo, Martelo (Ruth Rocha)

Outro clássico da nossa literatura infantil, esse livro é formado por três contos e três personagens principais: Marcelo, Teresinha e Gabriela. Além de ser uma graça, o livro traz diversas reflexões curiosas que Marcelo faz sobre a língua ao criar novas palavras. Quem não se lembra do famoso “suco de vaca” para se referir ao leite?

 

3-      Reinações de Narizinho (Monteiro Lobato)

O livro que reúne histórias de Monteiro Lobato escritas desde a década de 1920 narra as aventuras vividas pelas crianças do Sítio do Picapau Amarelo. Todos os personagens estão lá: Tia Nastácia, Dona Benta, Emília… Mas é Narizinho quem conduz os leitores numa deliciosa viagem por um mundo de fantasias.

 

4-      Lúcia Já-Vou-Indo (Maria Heloísa Penteado)

A obra de Maria Heloísa Penteado conta a história de uma lesminha chamada Lúcia que, claro, é muuuito devagar. O problema aparece quando ela tem uma festa da Chispa-Foguinho para ir e não quer se atrasar de jeito nenhum. Para isso, resolve sair com uma semana de antecedência!

 

5-      O Gênio do Crime (João Carlos Marinho)

O primeiro livro de João Carlos Marinho se mantém como um sucesso há 30 anos, e não é para menos. Com uma narrativa daquelas de prender o leitor, “O Gênio Crime” conta a história de uma turma de amigos que se une para descobrir uma fábrica de figurinhas clandestina e, para isso, precisam quebrar muito a cabeça para resolver os mistérios.

 

6-      O Menino Maluquinho (Ziraldo)

Outro sucesso da nossa literatura, o livro de Ziraldo conta a história de um menino que, na verdade, não tem nada de maluquinho. Esperto e inteligente, vai muito bem na escola, mas vive aprontando confusões, inventando brincadeiras e deixando os adultos preocupados com suas traquinagens.

 

7-      A Bruxinha Atrapalhada (Eva Furnari)

Com dez historinhas criadas apenas com imagens – Eva Furnari deixa as palavras de lado neste livro – A Bruxinha Atrapalhada tenta realizar todos os seus desejos com a ajuda de uma varinha mágica. O problema é que nem sempre essa varinha funciona do jeito que ela quer…

 

8-      A Fada que Tinha Ideias (Fernanda Lopes de Almeida)

Esse livro conta a história de Clara Luz, uma fadinha muito criativa que, ao invés de seguir as lições do sério Livro das Fadas, resolve criar seus próprios truques de mágica e deixa sua mãe preocupadíssima, afinal, inventar truques era proibido e a Rainha das Fadas ia ficar furiosa!

 

9-      O Fantástico Mistério de Feiurinha (Pedro Bandeira)

Inspirado nos contos de fadas, Pedro Bandeira conta a história de Feiurinha, uma princesa que sumiu das histórias e é procurada pela Branca de Neve e pelas outras princesas do reino que saem em busca de um autor de histórias infantis para saber o seu paradeiro. Neste livro, Pedro Bandeira vai além do “viveram felizes para sempre” e aborda a vida nos contos de fadas depois do “final feliz”.

 

10-  Pluft, o Fantasminha (Maria Clara Machado)

Esse livro nasceu de uma peça de teatro – talvez a peça infantil mais importante do Brasil – escrita por Maria Clara Machado. Ele conta a história de um fantasma que morria de medo das pessoas, mas que do medo fez nascer a coragem. “Pluft, o Fantasminha” é encantador.

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply