saúde

10 dicas para turbinar a imunidade infantil

Conversamos com a nutricionista Priscila Maximino, do Hospital Infantil Sabará, que elencou os principais alimentos que vão deixar as defesas do organismo do seu filho em dia. São 10 dicas para turbinar a imunidade infantil. Essencial nesse tempo seco, de pouca umidade 😉 

 

1-      Leite Materno

Não tem jeito. Não dá para falar em imunidade infantil sem começar pelo leite materno – o alimento perfeito e exclusivo dos bebês nos seis primeiros meses de vida. Depois desse período inicial, o aleitamento pode seguir como um complemento à alimentação da criança.

 

2-      Alimentos alaranjados

Ricos em vitamina A, alimentos como cenoura, manga e abóbora são essenciais no cardápio dos pequenos. Pesquisas nacionais feitas em crianças apontam que na ausência desse nutriente a recorrência de febres e viroses é muito maior.

 

3-      Carnes vermelhas

Por ser uma importante fonte de ferro, a carne vermelha previne o aparecimento de anemia ferropriva (causada por deficiência de ferro). O ideal é que seja consumida preferencialmente cozida ou assada.

 

4-      Frutas cítricas

Ricas em vitamina C como laranja, acerola, goiaba e kiwi, essas frutas são antioxidantes e ajudam a destruir os radicais livres que atrapalham o bom funcionamento das células e, consequentemente, melhoram a imunidade. É importante que elas sejam consumidas sem adição de açúcar.

 

5-      Iogurte natural

Com bactérias boas que habitam o intestino, o iogurte fortalece os sistemas de defesa que agem no local, impedindo a proliferação de bactérias ruins. Pode ser consumido puro, com frutas e até com leite. O melhor? É uma delícia e as crianças adoram!

 

6-      Peixes

Esse tipo de carne tem o Ômega 3, uma gordura boa que é super importante para o nosso organismo. Os peixes devem ser consumidos assados, cozidos ou grelhados.

 

7-      Cereais integrais

Alimentos como arroz e aveia possuem vitaminas do complexo B. O arroz, claro, já está no cardápio do dia a dia e é consumido normalmente nas principais refeições. Já a aveia pode ser inserida em vitaminas com frutas ou até na preparação de molhos e patês.

 

8-      Temperos

Alho e cebola – não existe combinação melhor para dar aquele aroma delicioso na cozinha quando são refogados. Além disso, eles possuem substâncias antibacterianas que fortalecem as defesas do organismo e também podem ser consumidos nas refeições diárias.

 

9-      Vegetais verde-escuros

Alimentos como brócolis, espinafre e couve – aqueles que normalmente fazem as crianças torcerem o nariz – são importantes porque possuem ácido fólico (que desde a gestação ajuda a formar o sistema de defesa). Podem ser consumidos refogados ou cozidos no vapor.

 

10-  Sol

Por fim, uma dica que não se serve no prato, mas que é indispensável: a exposição solar. Tomar sol por pelo menos 15 minutos por dia (evitando os horários de maior incidência solar) é essencial para “fabricar” a vitamina D na pele, o que também ajuda a turbinar o sistema imunológico da criança.

 

Consultoria: Priscila Maximino, nutricionista do Centro de Dificuldades Alimentares do Instituto PENSI do Hospital Infantil Sabará.

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply