criança

Previna acidentes com bicicletas

Pedalar por aí com os filhos é uma das coisas mais gostosas da vida, mas requer alguns cuidados. Previna acidentes com bicicletas. Saiba quais

E chega o grande dia: pai a postos, mãos bem firmes nos guidões e rodinhas nunca mais! Quem não se lembra do dia em que andou de bicicleta sem ajuda pela primeira vez? Meio tombando para o lado esquerdo, com uma mistura de medo e de felicidade, não há criança que não tenha passado por isso e não se lembre desse como um dos principais momentos da vida. Mas colocando a emoção um pouquinho de lado, nunca é demais lembrar que andar de bicicleta – assim como de patins ou skate – exige alguns cuidados básicos que nem sempre a gente tem.

“Ah, mas isso é um exagero! Na minha época, todo mundo descia a maior ladeira da cidade de carrinho de rolimã e todos sobreviveram”, você pode pensar. E pode até ser verdade. Antigamente, ninguém dava muita bola pra esse tipo de cuidado. Capacete era coisa pra ciclista profissional e olhe lá. Mas que bom que os tempos mudaram, não? De acordo com dados mais recentes divulgados pelo Ministério da Saúde, em 2012, 2427 crianças foram hospitalizadas vítimas de acidentes com bicicletas e 136 morreram.

O assunto é sério e proteger seu filho não é frescura. Veja algumas dicas essenciais para manter sua criança segura ao andar sobre rodinhas:

1-   Você sabia que o capacete pode reduzir o risco de lesões na cabeça em até 85%? Ele é primordial ao andar de bicicleta, skate ou patins. Por isso, compre um para o seu filho e certifique-se de que ele tem o selo do Inmetro, como garantia de que ele foi testado.

2-      Atente-se ao tamanho do capacete. Não pode ser nem apertado, chegando a machucar, nem largo, pois pode ficar solto e balançar. Ao colocar o item de proteção na criança, observe se ele foi preso corretamente.

3-      Incentive as outras famílias da sua região a providenciarem capacetes para as outras crianças também. Quanto mais amigos estiverem usando, mais eles vão achar normal.

4-      Procure levar seu filho para andar de bicicleta em locais seguros. No seu condomínio, no parque, na praça… O ideal é ficar longe de fluxos de carros, de piscinas e de sacadas.

5-      Ensine à criança as regras de trânsito e fique vigilante até que ela desenvolva as habilidades necessárias para andar sozinha. Sempre explique que ela deve olhar para os dois lados antes de entrar numa rua e evite deixá-la andar quando estiver escuro.

6-      A altura ideal da bicicleta é aquela em que, sentada no banco, a criança alcança os pés no chão. Verifique se os freios estão funcionando corretamente, se os pneus estão cheios e, se a bicicleta tiver marchas, veja se elas estão ok.

 

FONTE: ONG Criança Segura

 

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply