Comportamento

Bandeirolas em festinhas descoladas

Outro dia dei um post aqui sobre festas de criança. Depois dando uma vasculhada pelos blogs e sites vi que tá uma modinha de festa descolada pros pequenos. As pessoas andam fugindo dos buffets mais que sem graça e barulhentos e procurando produzir festas bacanas e diferentes em casas. Sem também cair no inevitável isopor grudado na parede (hehehe).

É dificil pq a gente quer a festa bacana e eles a festa legal, do personagem do momento. E normalmente é brega pra caramba! Mas vamos lá. A gente faz, produz. Mas agora estão aparecendo umas idéias mais originais e que conseguem trazer a idéia, o espírito, desse personagem sem a figura em si. Já falei da Parangolé aqui com os kits festas (tem link ao lado). Tem também a Silvia da Zig Zag que está fazendo uma festa atrás da outra.

E no trem da festa tem um enfeitizinho que é uma coisa de lindo e dá um charme totalmente indispensável: as bandeirolas. São lindas!!! Mudam, dão outra carinha. Quem nao quiser usar em festa, usa no quarto, pra decorar. É super moderninho e retrô, ao mesmo tempo. Experimenta.
Previous Post Next Post

You Might Also Like

8 Comments

  • Reply Mog e Mug julho 22, 2009 at 1:23 pm

    Adorei o comentário . Super pertinente !!!Concordoooo !

    Fazer mesas alternativas é uma super tendência .Finalmente e Graças a Deus!!! resgata aquelas festinhas memoráveis de avó feitas artesanalmente com tanto carinho e trabalho ,que claro a gente nunca esquece .

    Fui criada junto com as minhas tias que na verdade são maezocas e lembro ate hoje de um bolo que uma delas fez pra mim da Emília do sítio do pica pau amarelo ( faz tempo rsrsrs ) . Fico com os olhos cheios de lágrimas só de lembrar .
    Puxa que bom que a gente tem memória né !

    Posso fazer um post e colocar um link pro seu blog , que aliás adoro !?

    Um beijo

    Cris

  • Reply Carolina Delboni julho 22, 2009 at 3:51 pm

    claro q pd!!! sabe q eu tb tenho boas memorias dessas festas. é outra coisa!!! to indo pro interior hoje com os meninos e vou aproveitar um pouquinho desse jeito de casa de vó e tia. depois eu conto. bj

  • Reply Carol Barros julho 22, 2009 at 6:42 pm

    Também concordo!!As festas no play são bem melhores, menos “industrializadas” e acabam ficando bem mais charmosas!!

  • Reply Mog e Mug julho 25, 2009 at 1:11 am

    Oi Carol ,

    passa lá e ve meu comentário ! Espero que goste ! To indo dormir que amanhã tenho que trabalhar e com essa chuvinha dormir é tudo de bom ! Beijos

  • Reply Mog e Mug julho 27, 2009 at 1:04 am

    Peguei carona com voce , fiz um post do assunto festinhas descoladas e coloquei um link pro seu site . Espero que goste ! grande abraço

  • Reply Carol Daher julho 27, 2009 at 10:21 pm

    Oi Carol, não sei porque mas acho que nos conhecemos… Não sei se é por causa de alguma matéria… Enfim, adorei o seu blog e já virei seguidora. Quando puder dê uma passadinha pelo meu: http://www.espacocaridad.blogspot.com
    Também adoro tudo vintage, principalmente, a delicadeza de ser. Um beijo grande,
    Carol

  • Reply Alessandra e Gabriella agosto 4, 2009 at 2:50 am

    Oi Carolina,
    Super pertinente seu post.
    Depois de muita pesquisa temos convicção de que existe um movimento de retomada de valores no segmento de festas infantis.
    As festas super produzidas são muito interessantes e por experiência própria, sabemos que são preparadas com muito trabalho e carinho.
    Mas acreditamos que um consumidor com necessidades diferentes está surgindo e que estas “hiperfestas” que contam com tantos estímulos e performances fantásticas, não atendem às suas expectativas.
    um abraço,
    Alessandra e Gabriella
    http://www.partyintheboxfestas.blogspot.com

  • Reply BOLO. BALÃO. DIVERSÃO!! - DESIGN DE FESTAS dezembro 14, 2009 at 6:34 pm

    Olá, Carolina!
    Parabéns pelo blog, cheio de ideias e coisas lindas de se ver…

    Também faço parte desse coro e, com o meu trabalho de designer de festas, busco resgatar aquele “gostinho” das nossas festas de antigamente. Aquelas em o aniversariante é o principal protagonista – não o personagem do desenho. Aquelas em que a família participa ativamente, não apenas na hora de assinar o cheque. Aquelas em que as crianças brincam juntas e se divertem a valer sem pecisar de eletricidade.

    Adoraria receber sua visita no http://www.bolobalaodiversao.com.br. Fique à vontade para conhecer o meu trabalho nessa área e deixar seus comentários.

    Um beijo,
    Ana Luiza

  • Leave a Reply